quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Deixa chover, deixa!

"A vida não é esperar a tempestade passar, é aprender a dançar na chuva."
É incrível, mas realmente quando você para de se preocupar, as coisas simplesmente acontecem. Desde que decidi na semana passada não sofrer por antecipação, só tem acontecido coisa boa.
Aumento de salário, família em paz e uma viagem maravilhosa com meu namorado.
Este ultimo acontecimento, me repaginou. Lugar bonito, tranqüilo, cheio de energias positivas. Pessoas leves, de fala mansa e sorriso largo no rosto. Além de ser minha primeira vez acampando. Experiência única.
Caminhar pelas trilhas, dormir escutando o barulho do rio, mergulhar em cachoeiras, ver artesanatos, sentir-se livre. Acho que é esta a palavra: LIBERDADE. É o que Sana me deu.
Tivemos um dia de sol e três dias de chuva. Chuva fina e constante que lavou todo mal; purificou. Como diz a música: Deixa chover, deixa!

Deixa chover, deixa
A água lágrima divina vai purificar
Deixa chover, deixa
Semente que cair na terra já pode brotar
Sem demora vou-me embora, mas
eu nem sei nem pra onde eu vou
Vou perder-me no caminho
É bem melhor do que onde estou
E na bagagem levo nada, não levo nem o cobertor,
levo somente alegria e muita fé no meu Senhor.
Sei vou encontrar muita pedra no caminho,
uma flor e dez espinhos mas não posso me turvar
Pois o guerreiro de verdade é dentro da diversidade,
persevera na humildade e mostra todo o seu valor.
E está revelado num segredo, não escondendo o seu desejo,
de viver e ser feliz.
Mas um dia Deus vai lhe abençoar
Trazendo a sua chuva para o povo abençoar
Deixa chover, deixa
A água lágrima divina vai purificar
Deixa chover, deixa
Semente que cair na terra já pode brotar

Nenhum comentário:

Postar um comentário