quinta-feira, 16 de junho de 2011

Quando o sol bater na janela do teu quarto...

"A vida existe e também é bonita. E se renova. E tem seus lados de luz." 
Caio F. Abreu 


Mais uma vez adormeci com as janelas abertas. O sol vai nascendo e seus raios vão entrando pelo quarto, fazendo tudo ficar iluminado e o contraste dos seus raios batendo nos vidros causam um efeito lindo logo pela manhã. Começo a sentir seu calor quando os raios ficam mais fortes e tocam os meus pés. Depois vem subindo pelo corpo até chegar ao meu rosto. Então, abro os olhos, espreguiço e fico alguns minutos olhando aquela cena linda que se repete quase todos os dias e ninguém percebe, pois estão ocupados demais em sua rotina diária.

Agora com mais tempo (Que seja por pouco tempo, amém!), eu fico mais tempo apreciando cenas banais e lindas. Aconchego-me nos meus travesseiros, pego um livro e vou folheando, curtindo meus momentos de solidão.

Gosto de coisas simples, gosto de brisa da manhã, gosto do sol tocando meu rosto e aquecendo meus pés,  gosto de olhar seus raios iluminando o horizonte, gosto da sensação que o sol traz pela manhã: de mil possibilidades!

Um dia iluminado, bom humor, sentir vontade de viver mais e mais. Momentos assim são únicos, mesmo que aconteçam todos os dias. Mesmo que amanhã eu acorde com a mesma sensação. Isso me dá cada vez mais vontade de viver. Viver tranqüila, serena e em paz.

Acorde uns dez minutinhos mais cedo, contemple o dia amanhecer, deixe o sol bater no seu rosto e perceba que sempre, sempre, tudo recomeça. É um novo dia, distribuía alegria, bom dias, energia positiva e tudo que vier pela frente será menos ‘monstruoso’.

Curta seus momentos de felicidade, mesmo que para maioria das pessoas seja uma idiotice. 

O tempo é agora! O dia é hoje!


Nenhum comentário:

Postar um comentário