quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Namorar alguém?!


Algumas pessoas que me conhecem, perguntam de cara: Por que você não namora alguém? Isso me faz rir. Namorar alguém? Poderia. Se não tivesse a vontade de ter pelo menos um clima de romance, uma química, um bom papo, alguma coisa que me chamasse atenção. Compromisso por compromisso, para mim, uma aquariana convicta, é como uma injeção de penicilina na bunda. Alivia, mas dói e incomoda para caramba.

Não sei lidar com algumas sensações, erro, enfio os pés pelas mãos, exagero, perco a hora de dormir, mania de não dar explicações, perco a fome, o time, o tino. Algumas destas sensações me fazem rever princípios, hábitos e gostos musicais.

Mas não estou desatenta, ou escolhendo demais ou fugindo do ‘Amor’, coitado! É porque já vivi períodos intensos demais e agora pago o preço e dou chance a outros que não merecem tanto quanto.

Mas será pedir demais alguém que tenha um pouco mais que um rostinho bonito? Eu olho em volta e só encontro homens vazios, procurando beleza e beleza na minha mesa, não se põe sozinha. Na minha idade, não preciso de ninguém para exibir por aí, não preciso provar nada para ninguém, não tenho que mostrar que sou gostosa ou proporcionar transas mirabolantes. O cara pode até não sacar muito das coisas, mas falar errado, pronto, cadáver em estado e putrefação.

Cansada de olhar barrigas de tanquinho e cérebro de azeitona, cansada de cantadas copiadas de qualquer site “Cantadas de Pedreiro Power”, cansada de casca bonitinha e quando cai, cheira mal e empestia todo o ambiente.

O triste é saber que este ‘alguém’ para namorar também está cansado de tudo isso e pode estar tão seco e frio quanto eu. Também está dividindo atenções entre livros e seriados na TV a cabo. Não tem noção que estou disposta a juntar meu mundinho fechado e ser feliz com todo clichê que a palavra permite.

Portanto, antes de me perguntarem por que não namoro alguém, não olhem apenas meu rosto, me conheçam e vão perceber fácil por que estou sozinha e bem.

2 comentários:

  1. É, seu rostinho é bonito mesmo, eu pegaria... (hahaha) Fora a ironia, creio que você está no caminho de encontrar alguém que combine contigo. Embora exista uma corrida desenfreada por pegação, acho que a solidão é uma marca muito mais forte e definida nos dias de hoje. No meio desse mundo de gente que vemos todos os dias, nunca estivemos tão sozinhos. Pelo que disse, de estar sozinha e bem, talvez possa ter "algo" a mais que normalmente a maioria teme: a solidão. Olha, não quero parecer um vidente, isso é só um palpite.

    ResponderExcluir
  2. Minha resposta para você
    -------------------------
    "Temos medo, do desconhecido, do percalços que nossos desejos e anseios nos trazem.
    Vivemos infinitamente amores, sabores...
    Nos armamos dos perigos, vivemos persuadindo a nós mesmos.
    Não, não é mais aquele corpo, aquele olhar, aquele trejeito que minhas pernas pedem por tremer.
    Não é mais...Sou mais!
    Não me encanto com canto desaboriado e traiçoeiro da conquista.
    A porta sempre esteve aberta, não sou eu que fechei, é apenas você que não sabe como entrar.
    Não choro, não preciso, você não merece.
    Ahhh se de meus encantos soubesse, veria que toda menina cresce!"
    Por Fábio Alexandre.

    ResponderExcluir