quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Coisas que só eu sei...



Muito ruim ser grande e sufocar minhas vontades... ser madura e fingir que não foi nada, quando na verdade eu queria ter meus cinco anos, olhar para o que eu desejo e pedir... fazer beicinho, chorar e bater o pé dizendo: eu quero, eu quero, eu quero... mas não posso!

Ficam, minha imaginação e eu, sentindo o gosto, o cheiro, o toque, as sensações... de uma forma tão gostosa que quase penso ser real.

Quem sabe um dia eu sinta tudo isso que só imagino, apenas não espero. A espera pode estragar estas sensações loucas, este desespero em ter você, meu corpo arrepiado só em pensar você perto de mim, a sensação de bem estar quando estamos nos falando... tão bom, tão sutil, tão pleno.

Coisas que só eu sinto e que não quero deixar passar.  Coisas que só eu sei e que estarão guardadas comigo eternamente.

Você chegou, marcou e ficarei sempre com um gostinho de quero mais...

BJ NB

Um comentário:

  1. Isso é desejo, e o desejo é peça que move a vida! Parabéns, bom texto.

    ResponderExcluir