quarta-feira, 7 de dezembro de 2011

Vai uma coisa vem outra... sacou?



Não vem com essa de linhas tortas. A linha deve sempre seguir retinha. Mas a vida não gosta de linhas retas. Tem de haver tropeços, balanços e barrancos.
Quando se pára para analisar, vê que o vendaval passou por aqui... tirando da linha sua uniformidade, movendo montanhas, movendo vidas e amores.
É você também pensou que fosse blindado, não é? Mas estava enganado. O vendaval vem para todos. Balança casas e destrói famílias. Mas após o vendaval se lança uma nova linha. Tente deixá-la esticada... mas cuidado com o inesperado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário