terça-feira, 20 de março de 2012

Dentro de mim


Eu não sei o que está acontecendo comigo. Eu estou confusa sobre muitas coisas. A minha vida está estranha... Há muito tédio, sensação de solidão, os problemas de sempre na família... E dessa vez, a internet não está ajudando como antes.

O que eu quero dizer é: Muitas coisas parecem estar perdendo a "magia" pra mim. Eu perdi meu ânimo. Mal me importo com as coisas, as conversas estão desinteressantes e as coisas que antes me prendiam, deixaram de me interessar - bem como as pessoas - sinto como se estivesse no meio de um monte de estranhos, com coisas estranhas e pouco do que eu conheço e costumava amar. Sinto que estou me afastando mesmo das pessoas com quem eu mais conversava, é como se tudo tivesse perdido a graça. Nada mais é o mesmo.

Só sei que agora muita coisa me irrita, e apesar de eu achar que o problema é, em grande parte, comigo, não consigo parar de pensar assim. O que eu vejo? Muitas pessoas fúteis e sem sentido, pessoas que se acham o máximo e na verdade não conseguem pronunciar dez palavras corretas seguidas, dezenas de posts sem sentido por dia, coisas/tópicos sem graça, brigas, pessoas que se uniram em grupos específicos (não exatamente panelinhas) ou tomaram algum outro rumo ainda mais distante. Atitudes que me irritam profundamente, pessoas que me irritam profundamente por mais populares que sejam com alguns ou a maioria. Mas eu sei que, se eu falar, ninguém fará a menor questão de entender. Por isso escolhi ficar quieta até hoje - sim, faz muito tempo que eu sinto essas coisas, e só aumentam a cada dia.

O pior de tudo é que eu também perdi o ânimo pra várias outras coisas. As festas já não me alegram mais como antes, as pessoas não me interessam, tenho preferido ficar no meu canto, com minhas músicas e minha solidão. É como se minhas habilidades e idéias tivessem se tornado banais, previsíveis e pouco criativas. É quase um "bloqueio mental", tem algo me impede de trazer à tona aquela emoção que eu tinha ao fazer essas coisas. Me pergunto se ela ainda existe.

Perdi toda a emoção e o entusiasmo. Estou sem saber o que fazer, sem saber a quem recorrer. Recorrer à minha amiga na última hora e desabafar/chorar me ajuda um pouco, mas não é o suficiente e eu não posso passar todos os meus problemas para ela. Há coisas presas dentro de mim, coisas que eu não entendo, e coisas que me prendem por fora. Estou confusa, vivendo um ciclo de angustia que eu não sei de onde vem ou por que existe.

Um comentário:

  1. Hummm... Parece estar se apegando a refúgios passageiros, mas sabe, quando estamos fugindo sem saber para onde ir, todo lugar não passa disso, apenas um refúgio. Acho que quando estamos bem com nós mesmos, todo lugar nos parece um lar, pois nos sentimos em nós e não há melhor lar que nós mesmos. Quando nos sentimos perdidos, tudo perde a cor, mas sabe, as coisas não estão perdendo a magia, você é quem não está deixando sua mágica fluir. Parece estar se deixando abater pela ignorância dos outros, parece estar se deixando contagiar pelas idiotices de outros... Parece estar vivendo no quadrado de outros e seguindo as regras que ali existem... Tenho certeza que quando vc por pra fora sua varinha de condão e começar a viver sua propria energia, verá que todos a sua volta seguirão as suas regras e tudo fluirá de uma maneia bem mais leve... (acho) rs

    ResponderExcluir